Morri

– Acho que eu já te contei que morri, fui pro céu e voltei, não é mesmo?

— Não e não estou com a menor disposição para ouvir mas, infelizmente, tenho a impressão que você vai contar de qualquer jeito…

– E porque eu faria isso? Se você não quer ouvir eu não conto e ponto final.

– Tá falando sério, cara?

– Te enganei, imagina se não vou contar a história de minha vida. Começo do começo, digo, da infância ou você quer que eu vá direto para a minha morte?

– Faz o que você bem entender, acabei de perceber que também morri e não tem nem uns vinte segundos. Assim, logo, logo você estará contando sua história para um corpo inerte.

– Você morreu mesmo?

– Tô mortinho da silva e muito espantado com sua distração. Pô, você não sabe reconhecer um defunto quando dá de cara com um? Afinal, experiência não lhe falta, você já morreu uma vez.

– Morri e desmorri. Tudo bem, fica calmo que não vou sair do seu lado. Quando você acabar de morrer, eu conto tudinho.

– Só se você morrer também, já que não pretendo voltar nunca mais.

– Puxa… Então tá, me espera só um pouquinho que já vou morrer outra vez e aí a gente segue juntos papeando lá pro céu. Tchau!

Desenho: Flávio Wetten

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s