Ana C.

“Apaixonada,
saquei minha arma,
minha alma,
minha calma,
só você não sacou nada.”

oOo

1447440177_356883_1447440445_noticia_normalAna Cristina Cesar ou Ana C., como era conhecida, nasceu em 1952 na cidade do Rio de Janeiro. Após 1968, passou um ano em Londres, fez algumas viagens pelos arredores e, na volta, deu aulas, traduziu, fez letras, escreveu para revistas e jornais alternativos e saiu na antologia “26 Poetas Hoje”, de Heloísa Buarque. Publicou, pela Funarte, pesquisa sobre literatura e cinema, fez mestrado em comunicação, lançou seus primeiros livros em edições independentes: “Cenas de Abril” e “Correspondência Completa”. Dez anos depois voltou à Inglaterra, graduou-se em tradução literária, escreveu muitas cartas e editou “Luvas de Pelica”. Trabalhou em jornalismo, televisão e escreveu “A Teus Pés”, Editora Ática – São Paulo, 1998. Suicidou-se no dia 29 de outubro de 1983. (Projeto Releituras, Arnaldo Nogueira Jr.)

Leia mais aqui e aqui.

Foto: Acervo/Instituto Moreira Salles

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s