O homem que odiava

Tinha ódio da humanidade. Não importava quem fosse ou de onde viesse. Ninguém prestava. Remoia isso todos os dias, quieto no seu canto, olhando aqueles rostos repulsivos que a todo momento se aproximavam para pedir alguma coisa.

Detestava seu trabalho, é claro. O patrão, a rotina, a cara dos colegas, os estúpidos clientes. Se pudesse mandava todo mundo à merda. Mas precisava do salário, fazer o quê…

Não tolerava crianças. Abominava qualquer coisa parecida com comemorações, eventos, festas, carnaval, bailes, futebol, Natal, Ano Novo, feriados, sábados no geral e domingos em particular. Aniversários? Nem fale, não sabia mais sequer quando era o seu!

Mulheres só putas e com ordem expressa de não falar um ai! Com o tempo e a idade, foram se tornando desnecessárias. Jamais se casara e sabia muito bem que tinha sido uma atitude correta.

Não entendia e muito menos apreciava música, livros, poesias, obras de arte, qualquer coisa que fosse considerada uma criação estética ou intelectual do homem. Isso tudo era pura enrolação para tirar dinheiro dos estúpidos.

Da mesma forma desprezava religiões de uma maneira profunda, acreditando que eram mais uma forma de influenciar rebanhos de humanos carentes em busca de um paraíso impossível.

Para o resto do mundo, não poderia haver nenhuma salvação. A raça humana era um estorvo, um carma mesmo, gente ignorante que só prestava para reproduzir e trabalhar. Saco!

Um dia ele morreu. O mundo continuou a rodar, a vida seguiu seu rumo e ninguém notou que o homem que odiava a humanidade não fazia falta alguma.

Poster de Felix Labisse para a versão de 1951 do filme “The Man Who Walked Through Walls”.

4 comentários em “O homem que odiava

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s