Biscoito Globo

Segunda-feira, centro do Rio de Janeiro, quatro horas da tarde. A senhorinha vinha pela Nilo Peçanha vendendo o biscoito de polvilho Globo quando, de repente, foi cercado pelo pessoal da ordem urbana da prefeitura carioca. Logo juntou gente, é claro, afinal a idosa chorava desoladamente enquanto a guarda municipal anunciava que ia apreender sua mercadoria. Reclama daqui, pede dali, ameaça com prisão acolá e, também de repente, nossa amiga atravessa decidida a multidão, passa pela muralha de agentes municipais, abraça a velhinha e pergunta:

– Quanto custa o pacote?
– Um real.
– E tem quantos aí na sacola?
– Trinta, moça.
– Levo tudo!

E sem pensar, abriu a bolsa, pagou, passou a mão na sacola e tornou a atravessar a fiscalização e a multidão, caminhando em direção ao seu ônibus. O povo aplaudiu, a senhorinha sorriu, nossa amiga fechou os olhos esperando levar umas borrachadas pelo atrevimento mas os fiscais, se entreolhando, sumiram tão rápido quanto chegaram.

Fim, ué!

Foto: Fatima Emerson

4 comentários em “Biscoito Globo

  1. muiiiito legal!!!!!! isso faz a gente se sentir bem!!! imagino como a sua amiga deva estar se sentindo…… o sistema imunologico dela deve ter melhorado infinitamente!!! amei…..

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s